Amadurecendo?


Senta que lá vem a história...
E aqui estou eu, com vinte e tantos anos, e possivelmente em crise com o rumo da vida adulta, é tanta coisa acontecendo, tanta verdade jogada na sua cara de uma maneira muitas vezes até cruel, que é meio dificil se manter firme e não dar uma pausa.
Eu sempre fui uma pessoa " na minha" mas sempre tive o meu grupo de amigos, sabe? aqueles grupos fechados, que tem sua piada interna, seus segredos e tudo mais, e isso aconteceu em todas as escolas que estudei, alguns desses amigos estão comigo até hoje, e ainda somos um velho grupo fechado com nossas piadinhas internas, é assim que me sinto bem, com pessoas que eu sei que posso ser eu mesma 100%, ser engraçada, boba, nem tão educada , irônica, e um pouco egoista, e mesmo eu sendo assim, transbordando de defeitos eu sei que eles me amam daquele jeito, eu sou unica e especial, eu faço parte do grupo.
Agora, quando entrei na Faculdade, a primeira coisa que fiz foi procurar pessoas com quem eu me identificasse, pessoas coms as quais eu pudesse ser 100% eu,fiz grandes amizades,mas eu não ME encontrei, e isso me deixou muito triste, será que pela primeira vez na vida eu não ia ter um "grupo"? e sim, eu não tenho, e aprendi a me acostumar com isso, afinal a vida adulta é assim, não podemos crescer com a ilusão de que as pessoas vão te aceitar exatamente do jeito que você é, principalmente na Faculdade, e  mesmo porque eu não gosto das coisas que a maioria ali gosta, eu não bebo, não fumo, não curto festas "do nada", respeito muito o meu namorado ( coisa que nem todo mundo faz), eu sou CARETA de verdade, gosto de lugares tranquilos, uma boa música, um ambiente legal, e por isso muitas pessoas me olham como " CHATA" , "BESTA" e fazem comentários tipo " nossa tu tem que aproveitar mais a vida", mais perai! eu aproveito a vida, do meu jeito, aproveitar a vida pra mim não é encher a cara em uma festa, pegar 10 meninos em uma noite e chegar em casa de ressaca (Física e moral), aproveitar a vida pra mim é estar ao lado de quem amo, ao lado de quem me faz bem.
Esse post já virou um desabafo não é?
Não era pra ser, queria fazer um texto legal mais comecei a desandar no meio do caminho, então vamos continuar, eu sinceramente já pensei em desistir do meu curso por causa desses problemas, pense em como é dificil estudar por cinco anos se sentindo sozinha, se sentindo " a estranha" da faculdade, não é fácil não minha gente. Mas por outro lado, do que vai adiantar fugir dos meus problemas? quando então eu vou aprender a enfrentar essas coisas? e assim eu continuo, as vezes feliz, as vezes triste, e na maioria das vezes sozinha.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Voltamos a nossa programação normal.

Share this:

CONVERSATION

0 comments:

Post a Comment

Obrigada por comentar, sua opinião é muito importante para mim.