Sobre os dias de raiva


Hoje eu acordei e fui invadida por um sentimento imenso ( e feio) de raiva...
Como ele teve coragem? Como ela ousou estragar a minha felicidade? E por um momento me senti uma adolescente de 15 anos planejando e arquitetando mil e uma vinganças. Bom, sei onde ele trabalha, sei onde estaciona o carro...quem deteria uma mulher ferida e portadora de um martelo, afinal, estilhaçar um Celta não deve ser tão complicado assim, uma batida aqui, outra acolá...E pronto, mal feito, FEITO!


Ou quem sabe atitudes mais drásticas, mas que resolvessem de forma definitiva esse problema dele em " manter os documentos nas calças" deve ser realmente complicado manter uma namorada, ser fiel a ela...Com tantas meninas interessantes "cof" e bonitas " cof cof cof" dando mole por ai, então para o bem geral da nação eu poderia dar um jeitinho nisso.
Ai, nesse ponto de tamanha insanidade, a mulher de 25 anos pediu passagem e trancou a adolescente no armário, e com camisa de força, só pra garantir. Iria valer a pena destruir a felicidade de alguém, me tornar aquilo que nunca fui? A pessoa que estraga tudo, que destrói não só o carro, mas vida, e a fé nesse negócio de relacionamentos? A resposta é a de sempre, Não!
Ao entrar em um relacionamento temos que ter uma coisa em mente, ninguém é dono de ninguém, escolhemos estar ao lado de outra pessoa, por afinidades, pelo sorriso bonito, pela amizade, enfim...Mas quando isso já não faz sentido pra uma das partes, é normal e até muito saudável que o relacionamento termine. 


Quando você é "o deixado" a coisa fica muito mais complicada, são expectativas e planos quebrados de uma maneira súbita, sem falar na auto estima que é totalmente devastada, pra esses momentos não tem muito o que fazer, chore, chore, e chore mais um pouco, essa tristeza toda vai passar, e é ai que começa o verdadeiro trabalho, porque a tristeza passa, mas se você não se cuidar, vai dar lugar a raiva.
Mas afinal, raiva de que amiga? raiva dele? dele não estar sofrendo, nem compartilhando imagens tristes?, e muito pelo contrário, estar com outra, lindo leve e faceiro... Mas, será que ver a tristeza de quem te fez mal, mudaria algo na sua vida, na sua situação? E a resposta é mais uma vez, NÃO!
Guardar rancor é igual segurar uma brasa nas mãos, querendo ferir outra pessoa...O único que se machuca é você, a bíblia diz que é do coração que nascem todos os sonhos, então me diga como você poderá seguir em frente e sonhar com o futuro, com um coração amargurado e querendo o mal de outra pessoa.
Vai ser difícil dar um fim nesse post, até porque são sentimentos e reflexões que eu tenho e faço todos os dias, e eu percebo que ser feliz, depende muito de mim, é uma escolha minha, seguir em frente linda e poderosa, ou ficar remoendo uma história que não tem futuro, nem razão de ser, é uma escolha minha ficar mexendo na ferida, e fazendo-a doer cada vez mais, ou deixar fechar, até que se torne uma cicatriz, como as muitas outras que a vida deixa, e que acabam virando motivo de orgulho, uma espécie de letreiro dizendo " Eu consegui superar isso também".

Vamos deixar cicatrizar?


Share this:

CONVERSATION

0 comments:

Post a Comment

Obrigada por comentar, sua opinião é muito importante para mim.